13. Colecções do Museu Romântico

Mobiliário:

As peças que compõem o mobiliário das diferentes dependências estão adaptadas às actividades quotidianas que decorriam nesses espaços; o mobiliário estilo Império, que teve grande divulgação em Portugal ou de traços Românticos, domina a colecção.

 

 Pintura:

A pintura mural a têmpera e o fresco serve de decoração às chamadas “Sala das Telas e de Bilhar”. Peças de cavalete do pintor Roquemont e de Francisco José Resende, encontram-se entre as peças mais interessantes do museu. Roquemont, foi um pintor de origem francesa, radicado no Porto, que retratou, como Resende, costumes e cenas populares do século XIX. Outras obras de pintura, nomeadamente o retrato do Rei Carlos Alberto por A. Capisani, uma paisagem do Porto por Charles Napier e quadros de flores completam a colecção de pintura.

Têxteis:

Tapetes, cortinados e uma vasta colecção de roupa do século XIX permitem uma panorâmica dos motivos decorativos e das técnicas características deste período, bem como os hábitos quotidianos de então.

 

Artes Decorativas:

Numa grande variedade de materiais – vidro, cerâmica, madeira, prata, metais – o museu possui uma colecção significativa de objectos decorativos de uso quotidiano e adereços de moda de século XIX.

Anúncios

 
%d bloggers like this: